Total de visualizações de página

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Belo Horizonte

Cidade Jardim Para os índios, o ipê rosa é uma árvore sagrada e protetora As ruas de Belo Horizonte estão esplendorosas! Ipês floridos cor-de-rosas... O poema surge espontâneo, pois dá até gosto caminhar pela cidade nesses dias. Com tantas árvores em flor, BH até volta a merecer o título de Cidade Jardim, que já teve em outros tempos. O ipê rosa, para a nossa cultura indígena, é uma árvore sagrada e protetora. Dizem que quando os índios precisam de inspiração, simplesmente sentam-se embaixo dela. É possível que o nome cientifico do ipê, tabebuia, tenha vindo de “tábua boa”, pois essa árvore tem uma madeira incorruptível e, mesmo alagada, não apodrece. Por isso, "ela virou símbolo de força e resistência", conta o meu livro “Nossas Árvores – o resgate do sagrado” (livroscarlossolano@gmail.com), que fiz com a Sandra Siciliano. A foto é de Julio Toledo, arquiteto que coordena o belo projeto BH Cidade Jardim, visando uma aproximação entre a cidade e as pessoas por meio de várias ações, especialmente da fotografia.
Encante-se com outras fotos dos ipês de BH na página: www.facebook.com/bhcidadejardim http://bonsfluidos.uol.com.br/noticias/tudo-de-bom/cidade-jardim.phtml#.VbFr-bNVikp

domingo, 12 de julho de 2015

IPÊS em Brasília.

Floração convida brasiliense a fotografar os ipês da cidade
Próximo ao Congresso Nacional, à Catedral, nas asas Sul e Norte e em diversos outros pontos, elas embelezam a capital. As árvores se espalham também pelas redes sociais. Publique sua foto com a hashtag #IpeCB e compartilhe. Em meio à seca trazida pelo inverno — ainda que a chuva tenha surpreendido os brasilienses ontem —, a capital começa a florescer. A explosão de cor que tomou conta dos eixos, das quadras e das comerciais se deve ao ipê, um dos ícones da paisagem da cidade. Os primeiros a embelezar as ruas são os roxos, que há algumas semanas estão salpicados de cachos vibrantes, em contraste com o céu azul. Não importa há quantos anos vivam na cidade, as belas árvores floridas não deixam de causar admiração nos moradores. Alheio ao trânsito e à correria do dia a dia, é comum ver algum pedestre com o celular apontado para os galhos coloridos entre os prédios. Publique sua foto com a hashtag #IpeCB e compartilhe os cliques favoritos. O office boy Igor Lopes, 21 anos, mora em Ceilândia e trabalha no Plano Piloto. Com a chegada da estação seca e do clima fresco, aproveita para fazer um passeio diferente antes de começar o expediente. Ele desce do ônibus perto do Memorial JK, aluga uma das bicicletas laranjas do Bike Brasília e segue o caminho até o trabalho, atravessando o Eixo Monumental às pedaladas. Com os ipês floridos, o trajeto ficou ainda mais bonito. “Eles deixam a cidade cheia de cor e chamam a atenção de quem passa. São a cara da capital”, diz. Típicos da região do Cerrado, os ipês também são encontrados no Pantanal, em áreas de transição para a Amazônia e em estados do Nordeste. O ipê-roxo atinge o auge da beleza por volta dos 30 anos. Nessa idade, a árvore chega ao pico do crescimento. A média de altura varia de 12 a 15 metros, mas pode chegar a 20 metros. A espécie é, inclusive, fácil de plantar em casa. A semente é pequena e fica envolvida em uma fina película, e facilmente se adapta ao solo. Além da estética, o ipê tem valor econômico. A madeira é valorizada pela resistência, pela dureza e pela flexibilidade. Por aguentar bem a umidade, é usada em construções civis e navais. A casca, a entrecasca e a folha do ipê são empregadas em medicamentos. Podem ser usadas no tratamento de amigdalites, estomatites, infecções renais, dermatites, varizes e certas doenças dos olhos. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2015/07/09/interna_cidadesdf,489544/ipes-roxos-tomaram-a-cidade-e-despertam-a-atencao-dos-brasilienses.shtml

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Japão / Brasil

https://www.youtube.com/watch?v=C4lsMkH3F4A Nosso Projeto Cores do Ipê, com apoio do amigo Sr Hisanori Maeda, marca pontos e é publicado com fotos. Obrigado Sr Hisanori Maeda. Ficamos Honrados.

sábado, 20 de junho de 2015

Comentários sobre a LISTA DE PANTADORES

Idéia nobre! Parabéns a vocês pela iniciativa! - (Adriana Luisa de Souza) - Parabéns para todos (as).Vamos florescer em Blumenau. - (Hisanari Ikeda) - Prezado Adilson, parabéns pela consecução do projeto! - (Rodolfo Ruediger) - Dear Dr.Adilson Thank's for your information about planting Ipe. You planted 161 Ipes around already ! Very good and big activity. Thank you. - (Hisanori Maeda - Japão) - Parabéns pela perseverança e pelo apostolado .Deus te abençoe. Grande abraço, - ( Dr. Caminha - Fpolis) - Brilhante trabalho! Parabéns! O meio ambiente e as futuras gerações agradecem. - (Cristiane Otte Corrêa ) Bom dia .Que maravilhosa lista.Parabens feliz gesto maravilhosa ideias Bjs grande abraço. - (Leila Farret da Costa ) Ótima... Ótima semana! - ( Rafael Cilondelor Assunção) - Caríssimo Irmão e Companheiro Adilson: Parabéns pelas atividades de plantio de árvores do Projeto Cores do Ipê! O Irmão lidera uma iniciativa importantíssima para a preservação da vida em nosso Planeta.Meus mais sinceros e reconhecidos cumprimentos, extensivo a todos os participantes do Projeto.Grande e Fraterno Abraço, (Miguel Pletsch)

LISTA DE PLANTADORES

MUDAS DE TYPA TIPUANO –(ACÁCIA AMENDOIM) – TRAZIDAS SEMENTES DE BUENOS AIRES EM JANEIRO DE 2013. 2013 = 01 – Alfredo Lindner – 24/11/2013 – plantada na Beira Rio – Removida para o Parque Ramiro Ruediger em 20/03/2015. 2014 = 02 – Ernandi Cipriani e Adilson Tadeu Machado -19/01/2014 - 21:05 horas – Parque Ramiro Ruediger.; 03 – Rosilene Bruch – Jeep Club – 21/09/2014 – 12:00 horas; 04 – Gustavo Grahl Froeschlin – 01/02/2015 20:15 Horas -R Hermann Hering 1000 –; 05 – Rafael Assunção – 09/11/2014 – Parque Ramiro Ruediger; 06 – Adilson Tadeu Machado – 09/11/2014 – 17:00 Horas - Parque Ramiro Ruediger; 07 – Rafael Assunção – 09/11/2014 – 17:15 horas - Parque Ramiro Ruediger; 08 – José Geraldo Reis Pfau – 23/12/2014 – 07:45 Parque Ramiro Ruediger; 09 – Toni Coelho - Antonio Gomes Coelho Junior – 23/12/2014 – 08:00 horas - Parque Ramiro Ruediger 2015 = 10 – Adilson Tadeu Machado - 23/12/2015 horas – Parque Ramiro Ruediger; 11 – Adilson Tadeu Machado – 18/01/2015 – 17:00 horas – Parque Ramiro Ruediger; 12 – José Geraldo Reis Pfau – 18/01/2015 – 17:30 horas – Parque Ramiro Ruediger.

2015 - Lista de plantadores

152 – Rotary Club – Flores de Ipê – 09/02/2015 12:47 Horas - Ipê Amarelo (Parque Ramiro); 153 – Isabella Von Paraski da Luz(Rafael da Luz) – 14/02/2015 – 19:40 Horas - Ipê amarelo; 154- Emily Beatriz de Miranda –(Rafael da Luz) – 14/02/2015 – 19:50 horas – Ipê roxo; 155 – Rafael Stumpf da Luz – 14/02/2015 – 20:10 horas – Ipê amarelo; 156 – Rafael Stumpf da Luz – 20/02/2015 – 20:20 horas – Ipê amarelo; 157 – Eduardo Schadrack – 08/03/2015 – 17:55 horas – Ipê amarelo; 158 – Patricia Theis Schadrack – 08/03/2015 – 18:05 horas – Ipê amarelo; 159 – Tania Krueger - 31/05/2015 - 16:05 horas – Ipê roxo; 160 – Julio Krueger – 31/05/2015 – 16:15 horas – Ipê amarelo; 161 – Tania Krueger – 31/05/2015 – 16:20 horas – Ipê roxo

2014 - Lista de plantadores

135 – Itaci Reiter – Rua César Silveira –Bairro da Velha - 19/01/2014 – 17:40 horas – Rua César Silveira – Velha – Ipê amarelo.; 136 – Itaci Reiter – Rua César Silveira – Bairro da Velha - 19/01/2014 – 18:00 horas; 137, 138, 139, 140, 141, 142, 143,144,145,146, 146, 147 – Adilson Tadeu Machado – 20/11/2013 – 18:00 às 20:00 horas – Ipê amarelo.; 148 – Rafael Stumpf da Luz – SPA HOTEL VIDA (Cristiane) – Bauru – SP – 04/02/2014 – Ipê amarelo ; 149 – Rafael Stumpf da Luz, Roberto Franco – Bauru SP - 12/05/2014 - 15:00 Horas – Ipê amarelo.; 150 – Rafael Stumpf da Luz, Roberto Franco e Francisco – Bauru SP - 12/05/2014 / - 17: 00 Horas – Ipê amarelo; 151 – Isabela Althoff – 25/11/2014 - 17:00 Horas- Entrevista Programa Palavra Aberta e doação de muda para plantar em Florianópolis - Ipê amarelo.